Inicial > Superfícies > Contrapiso versus laje de concreto armado

Contrapiso versus laje de concreto armado

Neste primeiro artigo do nosso Catálogo Digital de Detalhamento da Construção, vamos começar com o básico de representação de superfícies. É muito comum vermos os estudantes de início de curso representando em corte todos os elementos da mesma maneira. Porém, a superfície que está apoiada sobre o solo (contrapiso) na maioria absoluta das vezes não deve ser representada da mesma forma que as lajes de concreto armado. O texto abaixo da professora Caroline Kehl especifica mais como isso deve ser trabalhado tanto na representação quanto na execução desses elementos construtivos.
Prof. Juliano Vasconcellos

O contrapiso é uma camada de argamassa lançada sobre uma base para eliminar suas irregularidades e/ou corrigir o caimento do piso. Sobre o contrapiso é colocado o revestimento definitivo.

A sua espessura varia de 2 a 10 cm, dependendo da função. Para contrapisos internos de edifícios habitacionais e comerciais, utiliza-se 200 a 250 kg/m³ de argamassa. Os traços dessa argamassa de cimento e areia úmida são de 1:5 a 1:7 (em média), mas o traço 1:6 é bastante usual.

É comum o uso do contrapiso diretamente sobre o terreno natural (solo compactado). Isso determina a seguinte sequência de execução, no caso do sistema estrutural adotado ser o concreto armado:

  • Fundações
  • Vigas de baldrame em concreto armado impermeabilizadas
  • Lastro de brita sobre o solo compactado
  • Contrapiso

Por não ter ser do mesmo material das vigas, sua representação gráfica em corte difere da laje. Deve-se deixar claro quando é usado o contrapiso, que é separado fisicamente das vigas, e quando é usada laje de concreto, que é engastada às vigas e pilares (ver detalhe).


Execução das vigas de baldrame.


Execução do contrapiso, SEM ARMADURA.

Contrapiso pronto


No segundo pavimento, a laje em primeiro plano e o contrapiso ao fundo.

………………………….

DIAGRAMAS EM 2D

O QUE  É CONSIDERADO CERTO:

A MANEIRA INCORRETA DE REPRESENTAR:

DIAGRAMAS EM 3D

O QUE  É CONSIDERADO CERTO:

A MANEIRA INCORRETA DE REPRESENTAR:

(colaborou com este artigo a Acad. Cândida Bacarin Pereira)

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: